Estante

Projectos que vale a pena seguir neste momento

Espalha Factos

Criado em 2005 como um programa de rádio, saltou em 2009 para a internet e desde aí juntou centenas de pessoas que gostam de jornalismo, de cultura e de entretenimento. Em 2020, com nova estrutura, passou a estar mais focado em Televisão e Cinema, mas não tem intenção de descurar tudo o que se passa Fora do Ecrã, mantendo espaço para outras áreas da vida.

Bola Na Rede

O Bola na Rede é uma publicação online de opinião desportiva. Tendo começado em 2010 na rádio, o Bola na Rede procura hoje assumir-se como um órgão de referência no desporto português, providenciando, ao mesmo tempo, uma clara oportunidade e rampa de lançamento para os jovens talentos portugueses no plano da comunicação em Portugal.

Dois Pontos

A Dois Pontos é para um público diferente: miúdos e miúdas dos 7 aos 11 anos. Com quatro números anuais, cada um deles dedicado um determinado tema, esta revista propõe-se a “estimular nas crianças a imaginação e a curiosidade pelo mundo exterior e interior”. São 64 páginas devidamente ilustradas e imaginadas por colaboradores de áreas como a psicologia infantil, a história, a culinária e a política.

A Batalha

Jornal de expressão anarquista. Nasceu em 1919 e o seu centenário foi muito recentemente comemorado na Biblioteca Nacional. A Batalha é um pedaço de história e afirma sem medos ao que vem: é um “jornal de expressão anarquista”. Nos seus cem anos de vida, passou por muitas fases e viu muitas coisas. Por agora, continua vivo e bem desperto mas sem o hype de outros tempos.

Umbigo

Criada em 2002 por Elsa Garcia e Miguel Matos, a Umbigo é hoje uma plataforma independente dedicada à arte e cultura, que inclui uma revista trimestral impressa, uma publicação online diária, uma rede social virada para arte e um programa de actividades de curadoria.

Dose

Lançada em 2018 por quatro jovens então recém-licenciadas, a Dose é publicada semestralmente e reúne, em cada número, trabalhos de 12 artistas. Os artistas são convidados a desenvolver um projecto que se ramifica em dois: um trabalho para a revista física, que custa 10 euros, e um trabalho para a revista online, gratuita.

Jamm

Quando um grupo de amigos de junta, sem grandes planos mas com uma vontade imensa de concretizar uma revista de música, nasce a Jamm. Foi isso que aconteceu algures em 2019. Dizem que é só mais uma revista de música mas é mais que isso. É um trabalho de improviso e de paixão que pode ser encontrado à venda, de tempos em tempos, em Lisboa, no Porto e online.

Revista Variações

A Revista Variações surgiu em 2019 e resulta de um encontro de várias pessoas com vontade de dar voz à crescente variedade da música portuguesa, sem virar costas ao que é feito lá fora. São o resultado de um Portugal onde a música cresce a passos largos e merece cada vez mais atenção. A Variações sai bimestralmente e diariamente existe online.

Qi News

Apresentando-se como uma revista multimédia, a Qi News encontrou no vídeo uma forma de falar sobre injustiça social e os “sistemas de perpetuação – conscientes ou inconscientes; premeditados ou involuntários; institucionais ou informais; conspícuos ou invisíveis”. Procura uma geração mais interligada e que questione esse “estado actual das coisas”.

Rádio Baixa

De Coimbra, a Rádio Baixa é um projecto cultural e sem fins lucrativos que elege a música como o seu principal elemento e a sua exploração por artistas locais e nacionais, DJ’s, programadores e agentes culturais, colectivos, ou simplesmente amadores com uma relação comprometida com a música. Pelo caminho queremos criar uma comunidade na Baixa de Coimbra, cimentando laços e partilhas.

C7nema

Criado em 2002, o C7nema é um dos mais antigos sites de informação, opinião e crítica de cinema em Portugal, cujo foco principal é uma abordagem do Cinema como arte, mas igualmente como entretenimento, sempre de forma totalmente independente do mercado e afastada das tendências sensacionalistas do jornalismo.

Rimas e Batidas

O Rimas e Batidas é uma revista digital sobre música criativa e desafiante: a que se estende entre o hip hop e a electrónica, entre África e o jazz, entre a dança e a contemplação e mais além.

Consulta em baixo a lista completa de media independentes em Portugal e de projectos de comunicação social independentes, organizados em categorias temáticas.